Não é que não importa, é que superamos tudo...


Um amigo meu veio me chamar no Whatsapp depois de ler meu texto “Água mole em pedra dura…” (https://www.jazzz.in/post/água-mole-em-pedra-dura - se você não leu, vale a pena até para entender melhor o texto de hoje). Ele teve um insight muito legal que coloquei como título desse texto, mas as palavras exatas dele foram essas:


"Pois você sempre fala que quase nada importa. Mas é porque somos água!…

Não é porque nada importa, é porque nós conseguimos superar coisas."


E é exatamente isso. Como disse a ele, quando vemos que somos água passamos por tudo.


Queria levar isso uma passo adiante, que pode ficar um pouco mais confuso mas pode fazer muito sentido.


Se sabemos que por mais que importe agora, vamos superar tudo, o peso dessa importância diminui. Ou seja, continuamos dando valor às coisas mas sofremos menos por elas.


Na verdade, a implicação que vejo das pessoas entenderem isso de uma forma mais profunda é que elas se permitem dar até mais importância para as coisas e curtir mais as coisas sem medo porque sabem que vão superar tudo e não precisam carregar o peso.


A importância máxima fica leve.


Podemos nos entregar com tudo sem medo de sermos felizes.


Uma vez ouvi a seguinte pergunta:


Qual o valor de um soldado que vai para a guerra completamente disposto a morrer, mas tendo a certeza de que não vai morrer?


Quando nos vemos como esse soldado conseguimos nos dispor a fazer qualquer coisa.


Abração,


Robin.


PS: o tema de hoje é mais uma coisa que vamos explorar na nossa próxima imersão (https://www.jazzz.in/imersao-jam).

5 visualizações

©2019 por Jazzz. Todos os direitos reservados

ENDEREÇO

 

Rua Joaquim Antunes, 367

Pinheiros - São Paulo - SP